Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2019

Disco do Dia: Ringo Starr - Whats's My Name (25/10/2019)

DISCO DO DIA: Nessa sessão você encontrará os discos de estúdio dos Beatles e das suas carreiras solo lançados no dia da publicação, com dados e curiosidades sobre a sua produção e ainda, de quebra, pode ouvi-lo enquanto curte o site!
03 - Ringo Starr - What's My Name – 25/10/2019 What's My Name é o vigésimo álbum de estúdio da carreira de Ringo. O disco foi gravado no Roccabella West, o estúdio doméstico de Starr em sua casa em Beverly Hills - Los Angeles, assim como os seus cinco antecessores: Liverpool 8 (2008), Y Not (2010), Ringo 2012 (2012), Postcards from Paradise (2015) e Give More Love (2017).

Entre os colaboradores estão os quase sempre presentes Paul McCartney, Joe Walsh, Edgar Winter, Dave Stewart, Benmont Tench, Steve Lukather, Nathan East, Colin Hay, Richard Page, Warren Ham, Windy Wagner e Kari Kimmel, entre outros.
A faixa de abertura 'Gotta Get Up', co-escrita com Joe Walsh, tem um riff inicial muito semelhante a 'Life in the Fast Lane' dos Eagle…

Disco do DIA: Paul McCartney - Give My Regards to Broad Street

DISCO DO DIA: Nessa sessão você encontrará os discos de estúdio dos Beatles e das suas carreiras solo lançados no dia da publicação, com dados e curiosidades sobre a sua produção e ainda, de quebra, pode ouvi-lo enquanto curte o site!
02 - Paul McCartney – Give My Regards to Broad Street– 22/10/1984
Lançado no outono de 1984 na Inglaterra, a recepção de “Give My Regards to Broad Street” pode ser comparada a de “Magical Mystery Tour”: Uma excelente trilha sonora para um filme sem sentido.
Deveria ter funcionado, certo? Qualquer álbum que tenha Paul McCartney colaborando com David Gilmour - ouvido pela última vez ajudando Paul a ganhar um Grammy na "Rockestra Theme" (Back to the Egg, de 1979) - deveria ter funcionado. John Paul Jones, do Led Zeppelin, Dave Edmunds, membros do Toto e Eric Stewart (10cc) também estavam lá. Deveria ter funcionado. Qualquer álbum preenchido com algumas das melhores músicas lançadas anteriormente por McCartney, e com a participação de George Martin…

The Beatles Cartoon: Como os Beatles viraram desenho animado?

Por Alysson de Almeida.
Três anos antes de embarcarem na animação psicodélica Yellow Submarine, nossos heróis de Liverpool se tornaram estrelas de uma série de animação, no estilo Saturday Morning Cartoon, em 23 de setembro de 1965, pela rede de televisão ABC. No auge da Beatlemania, foram produzidos uma série de 39 episódios de meia hora de desenhos animados que, desde a estreia, quebrou todos os recordes de audiência do canal. Totalmente inusitado para época, por se tratar de um horário dedicado ao público infantil.
A série consistia em pequenas histórias animadas que se destinavam essencialmente a criar a ilustração visual das músicas dos Beatles que eram tocadas na íntegra e, a cada episódio, o título de uma das músicas seria o tema do episódio. Além disso, havia também sequências de karaokê com imagens mais simples, com legendas complementando as letras inteiras de determinadas músicas.
Os próprios membros da banda não tinham nada a ver com a produção da série além do uso de suas gr…

Disco do Dia: NEW (Paul McCartney)

DISCO DO DIA: Nessa sessão você encontrará os discos de estúdio dos Beatles e das suas carreiras solo lançados no dia da publicação, com dados e curiosidades sobre a sua produção e ainda, de quebra, pode ouvi-lo enquanto curte o site!
01 - Paul McCartney – NEW – 11/10/2013
New é o décimo sexto álbum solo de estúdio de Paul McCartney, lançado inicialmente em 11 de outubro de 2013, lançado no Reino Unido em 14 de outubro de 2013 e no dia seguinte nos Estados Unidos. O álbum foi o primeiro desde Memory Almost Full (2007) a consistir inteiramente de novas composições.
O disco foi inspirado por eventos recentes em sua vida, bem como por memórias de sua história pré-Beatles. Ele acrescentou que alguns dos arranjos são diferentes de suas gravações de rock habituais, e que ele especificamente procurou produtores mais jovens para trabalhar. Ele e sua banda se apresentaram em vários locais para promover o álbum, além de eventos promocionais realizados pelas mídias sociais. Foi o seu último álbum…

Crônica 5 - "Essa é pra você, Stu...que se FODA tudo isso"

Hamburgo, 25 de abril de 1962.
Já faz alguns meses que conheci os rapazes dos Beatles, uma banda de Liverpool, através dos meus
amigos Astrid Kirshner e Klaus Voorman. Eles se tornaram frequentes em nossos encontros literários, regados à muita cerveja e, às vezes, uma dose ou outra de absinto.
John, o guitarrista e líder da banda, e Stuart, seu melhor amigo, eram mais chegados a nós. Os demais, ainda que aparecessem de vez em quando, não eram tão próximos. Stu inclusive começou a namorar Astrid. Pintor fantástico! Seus quadros eram fortes e expressivos, apesar de serem abstratos. Impactantes!
Tendo ficado aqui por algum tempo, os garotos voltaram para a Inglaterra, depois de idas e vindas e, também, serem deportados mais uma vez por George, o outro guitarrista, não ter completado dezoito anos ainda, para tentarem o sucesso em sua cidade natal. Porém, Stu ficou com Astrid e nos tornamos muito próximos por causa disso. Divertido, inteligente e com cara de um James Dean intelectual, ele dom…

Os Beatles muito além de "Let it Be" (Entrevista com Ricardo Pugialli)

Biólogo por formação, beatlemaníaco por convicção. Podemos creditar a Ricardo Pugialli o título de maior escritor brasileiro sobre a trajetória dos FabFour antes, durante e a partir de agora, também após os "The Beatles". Pesquisador desde 1980 da obra dos 4 garotos de Liverpool, Pugialli lançou em 1992 "Os Anos da Beatlemania". Em 2008 alcançou reconhecido sucesso com o lançamento do livro "Beatlemania" e agora, 11 anos depois, volta para contar em "The Beatles 1970-80" o que o próprio considera como uma continuação natural do primeiro livro. O Beatlelogias teve o prazer de conversar com Ricardo sobre a influência dos "Beatles" nas gerações atuais, a carreira dos quatro além da banda e muito mais.  Com a palavra, o próprio!
por Alysson Almeida e Leko Soares
Beatlelogias - O seu livro 'Beatlemania' de 2008, teve prefácio de Sir George Martin. Como foi que se deu o contato entre vocês? Teve alguma coisa a ver com a sua participaçã…