Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2020

My Beatles Experience - Os Beatles e o Metal (com Bruno Maia e Fábio Caldeira)

Recentemente o site Collectors Room, um dos mais conceituados portais brasileiros sobre Metal e música em geral, elegeu os álbuns "Trova di Danú" e "Espresso Della Vita: Solare", das bandas Tuatha de Dannan e Maestrick, respectivamente, como 2 dos 50 mais importantes álbuns lançados na história da música pesada brasileira em todos os tempos. Atuantes e relevantes, o Tuatha de Danann e o Maestrick possuem algo em comum com os The Beatles e que os diferencia da imensa maioria das bandas da cena underground atual: a busca pela vanguarda, a reverência à arte em primeiro lugar e a coragem de ousarem experimentar novos elementos em suas músicas. Com qualidades assim em suas músicas, é claro que as duas bandas teriam em suas fileiras de frente beatlemaníacos inveterados e que aqui, no My Beatles Experience, professam todo seu amor e gratidão à influência da obra dos Fab4 em suas carreiras. Confere aí!




Bruno Maia (Tuatha de Danann) "Meu primeiro sentimento em relação ao…

Todo Mundo Tocando Beatles - Butchering the Beatles (Metal Tribute)

Nessa sessão você irá encontrar resenhas, entrevistas e matérias sobre bandas, projetos e artistas que reinterpretaram a obra dos FabFour de uma maneira diferente. Para estrearmos nossa sessão, entrando no clima da "Semana Beatles no Metal" aqui no Beatlelogias, acompanhe a nossa resenha de "Butchering the Beatles - A Headbashing Tribute":
Lançado em 2006, esse tributo atípico dedicado aos garotos de Liverpool reúne uma verdadeira constelação de estrelas do Metal e do Hard Rock. Lemmy Kilmister (Motörhead), Alice Cooper, Duff McKagan (Guns n’ Roses), Eric Singer (Kiss), Steve Vai, Simon Wright (ACDC), Yngwie Malmsteen e Billy Idol são alguns dentre mais de 50 membros de bandas icônicas do Rock / Metal Mundial que desfilam em formações criadas exclusivamente para essa homenagem.
Pra comandar essa galerona, nada mais nada menos que Bob Kulick, ganhador de um Grammy em 2004, produtor de trabalhos seminais de bandas como KISS, W.A.S.P e Lou Reed, além de já ter trabalha…

Era um garoto como eu, que amava os Beatles... E eu, os Rolling Stones!

por Flávio Nery
O meu primeiro contato com o "Fabulous Four” ocorreu ainda na minha infância. Mesmo que eu tenha vindo ao mundo três anos após o "sonho ter acabado".

Embora eu não seja um "expert" na banda, aqueles quatro pôsteres gigantes em preto-e-branco, com o rosto de cada um deles estampando as paredes da loja do meu saudoso pai, durante a década de 70, nunca saíram da minha memória. Assim também como as suas músicas, quando as ouvíamos em casa. Considero ali o ponto inicial da minha paixão por aquele estilo único que é o Rock, que veio a se confirmar alguns anos depois com a vinda do Kiss pela primeira vez no Brasil, em 1983. Mas essa já é uma outra história!

É incrível imaginar que houve uma época em que o conceito de "banda de Rock" ainda era novidade! Nas capas de discos e em todo show business, o que aparecia em destaque era apenas o nome do chamado crooner. De repente, aparecer 4 cabeludos, num formato diferente e funcionando como uma unidad…

Os Beatles e o Submarino de Metal (Os FabFour e sua importância para a Música Pesada)

- Os FabFour e sua importância para a Música Pesada –


por Leko Soares
Há 50 anos, numa simbólica sexta-feira, 13 de fevereiro de 1970 , vinha à luz o primeiro álbum genuinamente Heavy Metal da história: Black Sabbath, obra-prima da icônica banda banda homônima, forjada nas trevas da cinzenta cidade industrial de Birmingham, na Inglaterra. Aproveitando as comemorações em homenagem ao meio século do nascimento oficial do Heavy Metal, o Beatlelogias preparou a semana especial "Os Beatles no Metal". Durante essa semana vamos abordar as raízes da obra dos Fab4 na gênese da música pesada e a influência de sua obra em bandas e músicos do Metal no mundo, e claro, no Brasil. All aboard!
As pré-concepções da música Beatle e a cena Headbanger
“Os reis do Rock alegrinho” (iê, iê, iê), com letras bobas sobre garotas e o amor livre” é somente uma das muitas generalizações usadas por leigos para rotular a música dos Beatles. Qualquer fã minimamente informado entende que esses pré-conceitos são…

Beatles Para Sempre! (por Carlos Roberto de Souza)

Escrever um texto bem detalhado ou simples sobre os Beatles não é uma tarefa fácil. Fiquei preso entre uma crônica detalhista, ou um esboço de um cara que reconhece o valor musical (e mundial) daqueles quatro rapazes de Liverpool.
O primeiro contato foi de admiração primeiramente pela canção Obla-Di-Obla-Da num comercial da extinta Rádio Excelsior  (A Máquina do Som). Eu curtia aquela canção simples porém contagiante. Depois houve a famosa onda do "iê-iê-iê" que nada mais era do que o Yeah, Yeah, Yeah....Foi aí que eu soube que aquela canção era dos Beatles. A jovem Guarda foi um movimento que abusou das versões deles, destaque primeiramente para o Ronnie Von  (Meu Bem), versão de My Girl.
Com o passar dos anos, canções como “With a Little Help from my Friends” (na versão soul de Joe Cocker) e “Lucy in the Sky with Diamonds” (na versão de Elton John na qual o psicodelismo se manteve apenas nas letras), foram me atraindo cada vez mais.
Para ser franco eu me ligava principalmente…

My Beatles Experience - Especial Niterói Beatle Week (com os músicos da Harrison & McCartney Tribute)

Fala beatlelogistas de plantão! Estamos de volta com uma das sessões preferidas do nosso blog. E para a nossa primeira sessão de 2020, convidamos os integrantes da banda Harrison & McCartney Tribute, representando as centenas de músicos que participaram da Niterói Beatle Week 2019, provavelmente a maior celebração à obra dos Beatles na América Latina.
Pra quem é marinheiro de primeira viagem, uma breve explicação: Nesse espaço, coletamos depoimentos de beatlemaníacos sobre o impacto que a obra dos Fab4 tiveram em suas vidas, desde o primeiro contato até os dias atuais. Confere aí!



Danilo Fiani
Escutei Beatles pela primeira vez em uma fita cassete, emprestada por um amigo de escola, quando ainda era adolescente. Era uma coletânea, mas tinha alguns lados B, como “Bad Boy”, canção de Larry Williams que a banda regravou. Era ainda adolescente e fiquei fascinado. A partir desse momento, quis aprender violão e comecei a cantar. A influência é total. Despertei meu gosto por música brasileir…

Do Rio ao Universo: Lizzie Bravo - A brasileira que gravou com os Beatles

Por Alysson Almeida
Imagine-se em um barco em um rio, com árvores de tangerina e céus de marmelada... Cantava John Lennon na proposta lisérgica de Lucy in the Sky With Diamonds. Seria a viagem perfeita! Mas, tente se imaginar dentro do estúdio de Abbey Road dividindo os microfones com os Fab Four no clássico Across the Universe... seria um sonho! E para nos contar como foi realizar esse sonho, a brasileira Elizabeth ‘Lizzie’ Bravo, atendeu o Beatlelogias trazendo histórias da sua estadia na pulsante Londres nos anos 1960, da proximidade diária com os rapazes de Liverpool, de “Do Rio a Abbey Road”, seu livro que já vai para a segunda edição, e como é ser a única brasileira a gravar com os Beatles. Words are flowing out like endless rain into a paper cup...
Beatlelogias - Chegando em Londres em 1967, no boom da cultura da psicodelia, com todas as mudanças comportamentais e sociais da época, como foi para uma menina do Rio de Janeiro viver na Swinging London dos anos 60? Lizzie Bravo: Aos 1…